O que é Paralisia facial?

Paralisia facial é perda de movimentos da face ocasionada por problemas nos nervos, principal ligação entre cerebro-músculo. Com isso, os músculos faciais perdem a capacidade de se contrair. Normalmente acontece apenas em um lado do rosto e pode ter múltiplas causas.

A paralisia facial pode acontecer de repente ou gradualmente durante anos. A duração varia de acordo com a causa e da fisiologia do indivíduo. Em alguns casos o rosto pode não voltar ao normal, mas existem procedimentos que minimizam os efeitos.

Causas

A paralisia facial pode ser causada por diversos fatores. Normalmente as razões são:

  • Paralisia de Bell (tipo mais comum de paralisia facial);
  • Infecção ou inflamação no nervo facial;
  • Trauma na cabeça;
  • Infarto;
  • Problemas de ouvido;
  • Hipertensão;
  • Diabetes;
  • Doença de Lyme (doença bacteriana transmitida por carrapatos);
  • Doenças autoimunes como a esclerose múltipla e a síndrome de Guillain-Barré;
  • Sindrome de Ramsay-Hunt (infecção viral no nervo facial)
  • Acidente vascular cerebral (AVC);
  • Tumor.

Fatores de risco

Ter doenças crônicas, autoimunes, ou infecções virais no rosto podem contribuir com o surgimento da paralisia facial. Além disso, no caso da Paralisia de Bell, mulheres grávidas (especialmente durante o terceiro trimestre) e mulheres que acabaram de dar à luz são mais suscetíveis. O mesmo também acontece quando a pessoa já teve paralisias anteriores ou algum parente próximo apresentou o sintoma.

Sintomas de Paralisia facial

Além dos incômodos e prejuízo estético causado pela paralisia facial, ela pode gerar alguns sintomas adicionais como:

  • Dor na face
  • Dores de cabeça
  • Dores de ouvindo, zumbidos em um ou ambos os ouvidos e sensitividade aos sons
  • Dificuldade para falar e comer
  • Inabilidade de mostrar emoções
  • Salivação excessiva
  • Espasmos musculares
  • Lacrimejamento
  • Secura na boca e olhos
  • Dificuldade para fechar os olhos (o que demanda mais cuidados, as vezes com tapa-olhos e/ou colírios, para prevenir danos a longo prazo).

Na consulta médica

Normalmente os casos de paralisia facial devem ser avaliados por um neurologista mas, para lidar com o sintoma, pode ser necessário também a ajuda de um fisioterapeuta ou um fonoaudiólogo.

Exames

Dentre os exames que o profissional pode solicitar para diagnosticar a paralisia facial estão:

  • Eletromiografia, que checa como estão os músculos e os nervos que os controlam
  • Exames de imagem
  • Exames de sangue que ajudem a localizar a causa da paralisia.

Como a Fisioterapia pode ajudar

As expectativas com relação a paralisia facial dependem do motivo que originou esse sintoma. Contudo, em linhas gerais, quanto antes for diagnosticado e tratado o problema, menores são as chances que o paciente tenha sequelas mais graves.

A fisioterapia possui técnicas e equipamentos que facilitam e aceleram a recuperação da atividade muscular. Desta forma, as chances de uma recuperação total é muito maior.

ENTRE EM CONTATO E SOLICITE UMA AVALIAÇÃO

Atendemos em Porto Alegre e região metropolitana.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...